fbpx

Escovação Adequada: Proteção de dentes e gengivas

Escovação Adequada: Proteção de dentes e gengivas

Mesmo quem realiza a escovação no mínimo três vezes por dia não está livre de doenças se ela for feita de maneira inadequada.

Uma escovação bem feita deve durar, no mínimo, dois minutos! A maioria das pessoas não chega nem próximo a este tempo. Para ter uma ideia do tempo necessário para uma boa escovação, cronometre na próxima vez que escovar os dentes.

A escovação deve ter movimentos suaves e curtos, com um cuidado especial na margem gengival, para os dentes posteriores, difíceis de alcançar e para as áreas situadas ao redor de restaurações e coroas.

Os cuidados com a higiene bucal são importantes porque a boca é o órgão receptor dos alimentos. Dentes fortes e boca saudável: é sinônimo de boa alimentação, higiene constante e bem feita. Dessa forma, é possível concluir que quando alguém se alimenta bem e tem hábitos de higiene bucal corretos, ela evita doenças como a gengivite, as cáries e o incômodo mau hálito.

Além da questão estética, os cuidados com os dentes garantem uma dicção correta (a forma de pronunciar as palavras) e uma mastigação mais benéfica. Os cuidados devem ser diários, a escovação deve ser feita pelo menos três vezes ao dia e o fio dental tem que ser usado em seguida.

Nós da SUA Odontologia, sempre falamos sobre a importância de uma boa escovação dental para a saúde, mas são poucos os adultos e crianças que fazem uma perfeita higiene dos dentes e da boca. Muitos pensam que basta encher a escova de creme dental e fazer espuma, outros ainda substituem uma boa escovação pelos enxaguantes bucais. Por trás desses erros, há uma série de mitos e desinformação.

A higiene correta dos dentes e da gengiva costumam ser um ponto crítico para toda a saúde bucal. Mesmo quem realiza a escovação no mínimo três vezes por dia não está livre de doenças se essa tarefa não foi realizada de maneira adequada.

Um risco maior, principalmente nos adultos são as inflamações e infecções, que podem, inclusive, migrar para outras partes do corpo.

E não precisa ter a dentição completa para começar a ter essa preocupação. Recomendamos que, desde de bebe, deve-se fazer a higiene e acostumar a criança a ter sua boca limpa, afinal, o leite materno também tem açúcar. Mas é quando começam a aparecer os primeiros dentes que surgem os problemas.

 

 

O que é cárie dentária?

As cáries são orifícios que aparecem na superfície dos dentes, causadas pela ação de bactérias que se alimentam dos restos de comida acumulados nos dentes. O ácido que elas produzem corrói o esmalte protetor dos dentes e, com isso, eles são facilmente deteriorados.

Se a cárie não for devidamente tratada, sua ação corrosiva pode chegar até o nervo dental, causando fortes dores. Uma das consequências são inflamações, maior sensibilidade a alimentos frios e quentes e dor aguda, além de mau hálito. Ao sentir esses sintomas, é necessário ir ao dentista, mas no caso de prevenção, as medidas são simples: escovação e uso de fio dental diariamente.

Escovar os Dentes

Para escovar os dentes, é preciso seguir algumas regras que garantem a remoção de resíduos e placas bacterianas. Lembrando que a escova de dentes é um objeto individual, que deve ser trocado em um intervalo de três meses e o recomendado é usar as mais macias.

Os dentes superiores devem ser escovados de cima para baixo, sendo que a escova precisa ser posicionada em um ângulo de 45º em relação à gengiva. Já para os dentes inferiores o aconselhado são os mesmos movimentos, porém de baixo para cima.

As partes internas e de mastigação podem ser escovadas delicadamente em movimentos curtos de trás para frente. A língua não pode ser esquecida, não é necessário escová-la com força e faça com cuidado apenas para remover as bactérias e para eliminar o mau hálito.

Importância do fio dental

Na maioria das vezes, a escovação, por mais bem feita que seja, não consegue remover todos os resíduos, principalmente entre os dentes, onde o acesso é mais difícil e onde também as cáries acabam se instalando. Mas há uma solução, o uso do fio dental!

O fio dental é uma ferramenta poderosa na prevenção de doenças bucais, ajuda a manter o mau hálito bem longe e é o que dá o toque final na higienização dos dentes. Por isso, é preferível usar todos os dias, pelo menos uma vez.

No entanto, existe a forma certa de usá-lo. É preciso fazer a higienização com bastante cuidado para não machucar a gengiva, evitando que ela sangre. O mais aconselhável é que no momento de passá-lo você curve-o, formando um “C”, para retirar aquelas placas que se acumulam entre cada dente.

 

Esses hábitos são preventivos; através deles é que evitamos as doenças bucais que causam a perda dos dentes. Eles devem ser adquiridos na infância e as crianças devem entender a importância de fazer todos esses procedimentos e os pais precisam levá-las frequentemente ao dentista.

Etiquetas: , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *